[stock-market-ticker symbols="AAPL;MSFT;GOOG;HPQ;^SPX;^DJI;LSE:BAG" stockExchange="NYSENasdaq" width="100%" palette="financial-light"]

Rubens Barbosa: Pensando o futuro

Livro revela cenário de incertezas políticas e econômicas em todo o mundo, com avaliação crítica sobre a situação do Brasil nas próximas décadas. Para embaixador, enquanto o mundo passa por grandes mudanças na economia e na ordem internacional, torna-se urgente uma reflexão sobre o impacto dessas transformações sobre as estratégias empresariais, do campo e da indústria, e governamentais

Maurício Santoro: Os legados – positivo e negativo – de Kissinger

Diplomata mais influente dos últimos 50 anos deixou como marca sua ênfase na necessidade de entendimentos pragmáticos entre os líderes globais, para além das ideologias. Por outro lado, sua ação deixou claro é que isso não pode ocorrer à revelia de valores como democracia e direitos humanos

Rafael R. Ioris: O papel dos EUA nos golpes do Brasil e longo silêncio a respeito

Pesquisa avalia o papel desempenhado por parcerias investigativas formais e informais entre autoridades brasileiras e dos Estados Unidos na erosão da institucionalidade democrática no Brasil. Para historiador, é preciso evitar a defesa da corrupção e o entusiasmo cego por ações politicamente motivadas que se apresentam como salvadoras da pátria

Guerra de Gaza: qual é a representatividade do Hamas entre os palestinos comuns?

Pesquisa revela uma diminuição da confiança no Hamas. Questionados sobre o grau de confiança que tinham nas autoridades do Hamas, 44% disseram não ter qualquer confiança, enquanto 23% disseram ter pouca confiança. É significativo o fato de esta falta de confiança ser mais ou menos uniforme entre os grupos etários, com os que têm entre 18 e 29 anos e os que têm mais de 30 anos a darem respostas semelhantes

Mario Mugnaini Jr.: Mercosul, dezembro de 2023

Posse do novo presidente da Argentina, Cúpula do bloco no Rio de Janeiro e decisão sobre possível entrada da Bolívia no grupo movimentam a realidade do Mercosul no último mês do ano. Para especialista, presidência brasileira do bloco se esforça para acelerar acordo com a União Europeia

Rubens Barbosa: O surrealismo nas eleições presidenciais na Argentina

Em meio a uma crise econômica e social sem precedentes, os argentinos votaram por um salto no escuro com a escolha de Javier Milei para governar. Para embaixador, apesar do tom da campanha, as bravatas ideológicas estão sendo gradualmente substituídas pelo pragmatismo presidencial, e as relações com o Brasil não devem ser afetadas

Eleição Argentina: O voto dos desesperados

Eleição de Milei representa uma derrota histórica para a democracia do país 40 anos após o fim da ditadura. Para as camadas populares é a combinação de ilusão e tragédia. E trata-se de revés estratégico para os setores progressistas da América Latina