Sergio Abreu e Lima Florêncio: Morte das democracias, sobrevivência das autocracias?

Sergio Abreu e Lima Florêncio 03 julho 2023

Três estudos diferentes descrevem um cenário marcado por sombras para a democracia liberal em todo o mundo enquanto apontam para a resiliência de autoritarismo. Para embaixador, mesmo que a perspectiva não permita falar em zona de conforto, há esperança de mudança, e pessimismo não significa fatalismo

Sergio Abreu e Lima Florêncio: Declínio dos EUA? Três interpretações

Sergio Abreu e Lima Florêncio 12 junho 2023

Indícios de uma nova ordem internacional deverão levar ainda muitos anos para se transformarem em realidade. Para embaixador, nesse cenário, é arriscado e prematuro apostar todas as fichas no declínio dos EUA e na hegemonia da China, um diagnóstico que recomenda um reexame da atual política externa brasileira

Sergio Abreu e Lima Florêncio: Quo Vadis América Latina? O pêndulo de novo nos extremos?

Sergio Abreu e Lima Florêncio 29 maio 2023

Com uma série de crises, América Latina de hoje reflete, em grande medida, transformações ocorridas três décadas atrás, com o chamado Consenso de Washington. Para embaixador, instabilidades podem fazer com que a oscilação do poder repita sua preferência pelos extremos

Sergio Abreu e Lima Florêncio: Vargas, Lula e o dilema da neutralidade na política externa

Sergio Abreu e Lima Florêncio 15 maio 2023

Diplomacia brasileira diante da guerra na Ucrânia reedita o desafio encarado pelo país 80 anos antes, diante da Segunda Guerra Mundial. Ao contrário dos êxitos colhidos por Vargas naquela época, diplomata avalia que a atual reviravolta na PEB tem o potencial de comprometer uma trajetória diplomática reconhecidamente bem sucedida e pode se tornar anacrônica e equivocada

Sergio Abreu e Lima Florêncio: Taxa de juros alta, inflação à brasileira e a teoria monetária moderna

Sergio Abreu e Lima Florêncio 19 abril 2023

Debates sobre a economia brasileira reeditam antigas controvérsias teóricas e colocam em evidência um novo paradigma para discutir a situação do país. Para embaixador, a pergunta crucial é saber se a flexibilização das metas de inflação, o aumento da despesa pública e as taxas de juros sensíveis a pressões políticas serão capazes de colocar o país nos trilhos do crescimento sustentável

Sergio Abreu e Lima Florêncio: O México de hoje (López Obrador) imita o Brasil de ontem (Bolsonaro)

Daniel Buarque 03 abril 2023

Com trajetórias políticas distintas, os dois países passaram por paradoxo de viverem processos semelhantes apesar de terem governos de esquerda e de extrema-direita. Para embaixador, democracias em processo de consolidação são muito mais frágeis do que supunham seus analistas, e populismos de diferentes colorações ideológicas são igualmente nocivos à democracia

Sergio Abreu e Lima Florêncio: O drama iraniano e o inesperado alinhamento com a Arábia Saudita

Sergio Abreu e Lima Florêncio 20 março 2023

Acordo para reatar relações diplomáticas entre os dois rivais históricos foi um ponto de inflexão na geopolítica regional, com derrota para Israel e EUA, e vitória para Irã, Arábia Saudita e China. Para embaixador, acordo tem potencial de redesenhar o xadrez geopolítico do Oriente Médio, pode influenciar o quadro doméstico iraniano e ter consequências no realinhamento dos dois grandes adversários do mundo islâmico, com o patrocínio da China

Sergio Abreu e Lima Florêncio: O drama iraniano – Sublevação social, radicalização política e nuclearização.

Sergio Abreu e Lima Florêncio 06 março 2023

O Irã tem uma longa história de convulsão social e radicalismo político, mas foi também o berço de invejável patrimônio religioso, cultural e científico da humanidade. Para embaixador, política americana para o país tem perigosos desdobramentos, fortalece radicais e aproxima o país da capacidade de fabricar armamento nuclear Por Sergio Abreu e Lima Florêncio* Com […]

Sergio Abreu e Lima Florêncio: Brasil e OCDE – Retrocesso à vista?

Sergio Abreu e Lima Florêncio 20 fevereiro 2023

A percepção do governo Lula de que o status de observador na OCDE representa uma vantagem é um equívoco e não reflete o lugar do Brasil no mundo. Para embaixador, como membro efetivo da OCDE, o país teria condições de influenciar mudanças nas regras da governança global mais compatíveis com o interesse nacional, enquanto ser observador deixa o país incapaz de influir no trajeto que deverá seguir

Sergio Abreu e Lima Florêncio: O resgate do Mercosul – virtudes políticas, vícios econômicos

Sergio Abreu e Lima Florêncio 06 fevereiro 2023

Visitas de Lula à Argentina e ao Uruguai impulsionam a reinserção do Brasil na América Latina e podem ser vistas como vitórias políticas incontestes e símbolo de retorno do país ao cenário global. Para embaixador, entretanto, entretanto, o avanço político não se fez acompanhar de pragmatismo econômico por causa de erros e tensões nas negociações com os dois vizinhos

Cadastre-se para receber nossa Newsletter