23 março 2022

Ajuda humanitária e outras notas de interesse de 23 de março de 2022

Guerra – Um grupo de 20 parlamentares dos Estados Unidos pediram que o presidente Joe Biden tente contratar pilotos estrangeiros, incluindo do Brasil, para ajudar na entrega de ajuda humanitária à Ucrânia (Times of India) Exportação – Exportadores agrícolas no Brasil estão enfrentando dificuldades para receber o pagamento de seus embarques devido a um protesto […]

Guerra – Um grupo de 20 parlamentares dos Estados Unidos pediram que o presidente Joe Biden tente contratar pilotos estrangeiros, incluindo do Brasil, para ajudar na entrega de ajuda humanitária à Ucrânia (Times of India)

Exportação – Exportadores agrícolas no Brasil estão enfrentando dificuldades para receber o pagamento de seus embarques devido a um protesto de cobradores de impostos no porto mais movimentado da América Latina, disse a Associação Nacional dos Exportadores de Grãos (Anec) à Reuters (Agriculture.com).

Inteligência – O site do Observatório de Doutrina do Exército, um centro de estudos criado para reunir análises de especialistas militares sobre a guerra da Ucrânia, está fora do ar desde o início de março – quando um de seus boletins previu a queda de Kiev num prazo de 5 a 10 dias (O Globo).

Crise global de alimentos – Na Bloomberg, os fazendeiros brasileiros “erraram a aposta” e podem ficar sem fertilizantes para plantar, entre outros, soja. Normalmente compram muito antes, mas os preços subiram em 2020, em parte “devido a sanções contra Belarus, levando a adiar a compra” (Folha).

Vinicius Torres Freire – A guerra na Ucrânia tende a beneficiar o crescimento da economia brasileira no curtíssimo prazo —​digamos, até o final do ano. O argumento zanza faz uns dez dias por relatórios de conjuntura escritos por economistas de bancos (Folha).


Daniel Buarque é editor-executivo do portal Interesse Nacional. Pesquisador no pós-doutorado do Instituto de Relações Internacionais da USP (IRI/USP), doutor em relações internacionais pelo programa de PhD conjunto do King’s College London (KCL) e do IRI/USP. Jornalista, tem mestrado em Brazil in Global Perspective pelo KCL e é autor de livros como "Brazil’s international status and recognition as an emerging power: inconsistencies and complexities" (Palgrave Macmillan), "Brazil, um país do presente" (Alameda Editorial), "O Brazil é um país sério?" (Pioneira) e "o Brasil voltou?" (Pioneira)

Artigos e comentários de autores convidados não refletem, necessariamente, a opinião da revista Interesse Nacional

Cadastre-se para receber nossa Newsletter