07 novembro 2023

iii-Brasil: País tem mês com menor visibilidade internacional na imprensa estrangeira

Apesar de ter sido marcado por notícias importantes sobre problemas ambientais e de violência, período registrou apenas 172 reportagens com menção de destaque sobre o Brasil nos sete veículos analisados, o equivalente a 43 por semana, proporção bem abaixo da média

Apesar de ter sido marcado por notícias importantes sobre problemas ambientais e de violência, período registrou apenas 172 reportagens com menção de destaque sobre o Brasil nos sete veículos analisados, o equivalente a 43 por semana, proporção bem abaixo da média

Por Daniel Buarque e Fabiana Mariutti*

iii-Brasil – de 30/10 a 5/11 de 2023

Visibilidade: 40 reportagens em 7 veículos analisados

Classificação das notícias:

45% Neutras

22% Negativas

33% Positivas

O mês de outubro foi marcado pela publicação de notícias problemáticas sobre o Brasil na imprensa internacional, com projeção marcada pelo destaque dado à seca na Amazônia e a grandes casos de violência pelo país. Ainda assim, foi o mês com a menor visibilidade internacional do país desde o início do monitoramento formal de dados, em maio de 2022 (desconsiderando o mês de abril daquele ano, considerado estudo piloto do levantamento). Foram apenas 172 menções de destaque ao país no período, o equivalente a 43 por semana, um volume bem abaixo da média.

No total, foram registrados na semana de transição entre outubro e novembro 40 textos com menção ao Brasil nos sete veículos analisados, volume abaixo da média semanal do Índice de Interesse Internacional (iii-Brasil). A maior proporção dos textos teve tom neutro, atingindo 45% da cobertura sobre o país. As menções positivas foram 33% e as negativas foram 22%. 

https://interessenacional.com.br/edicoes-posts/entenda-como-funciona-o-indice-de-interesse-internacional-monitoramento-de-noticias-sobre-o-brasil-no-exterior/

Além de ter registrado uma visibilidade 32% menor do que a média registrada desde o início do iii-Brasil, o mês de outubro também teve uma projeção mais negativa do que o normal. As reportagens com tom neutro foram maioria, com 43% das menções ao país, mas as notícias com abordagem prejudicial à imagem do Brasil foram 35% do total, enquanto as de tom positivo foram apenas 22%. 

Esta piora no tom da cobertura se explica pelos principais temas de destaque internacional ao longo do mês, com foco em casos de violência e de desastres ambientais.

Desde o início de outubro, o assassinato brutal de médicos em um bar na praia no Rio de Janeiro teve amplo destaque na imprensa internacional e projetou uma imagem negativa do país no exterior. O caso se juntou ao longo do mês ao destaque dado ao caos gerado por milicianos que queimaram mais de 30 ônibus no Rio de Janeiro e ao ataque individual de um estudante contra colegas em sua escola em São Paulo. Esta cobertura ampliou a imagem internacional de violência no país.

Notícias sobre problemas ambientais no Brasil também tiveram destaque na imprensa estrangeira ao longo do mês, com destaque para incêndios, nuvem de fumaça e seca chegaram a ser tratados como “catástrofe” no país.

Retrospectiva 

Desde o início de abril de 2022, o iii-Brasil coletou e analisou em média 63 reportagens por semana com menções de destaque ao país nos sete veículos de imprensa analisados. 

Ao longo do levantamento, o iii-Brasil registrou em média 50% de reportagens de tom neutro, 30% de menções com tom negativo e 20% de textos positivos sobre o país. 


*Daniel Buarque é editor-executivo do Interesse Nacional, pesquisador do pós-doutorado do IRI-USP, doutor em relações internacionais pelo programa de PhD conjunto do King’s College London (KCL) e do IRI/USP. É jornalista, tem mestrado em Brazil in Global Perspective pelo KCL e é autor dos livros “Brazil, um país do presente” (Alameda) e “O Brazil É um País Sério?” (Pioneira).

Fabiana Mariutti atua como pesquisadora, professora universitária e consultora; obteve pós-doutorado, doutorado e mestrado em Administração e bacharel em Comunicação Social. Estuda a imagem, reputação e marca Brasil desde 2010. Interesse nas áreas de Place Branding e Public Diplomacy. Autora dos livros: “Country Reputation: The Case of Brazil in the United Kingdom: Four Stakeholders’ Perspectives on Brazil’s Brand Image(2017) e Country Brand Identity: Communication of the Brazil Brand in the United States of America (2013).


O Índice de Interesse Internacional (iii-Brasil) é uma análise da imagem do país realizada a partir de um levantamento sistemático de dados sobre notícias que mencionam o Brasil a cada semana em sete publicações internacionais, selecionadas como representativas da imprensa internacional por serem reconhecidas internacionalmente como “newspapers of record”. São elas: The Guardian (Reino Unido), The New York Times (Estados Unidos), El País (Espanha), Le Monde (França), Clarín (Argentina), Público (Portugal) e China Daily (China).

Artigos e comentários de autores convidados não refletem, necessariamente, a opinião da revista Interesse Nacional

Cadastre-se para receber nossa Newsletter