26 maio 2022

Notas de interesse de 26 de maio de 2022 – EUA cobram luta contra desmatamento, Guedes quer moeda latina, risco de recessão global e mais

Uma seleção das principais notícias que interessam ao posicionamento internacional do Brasil na imprensa nacional e na mídia estrangeira.

Uma seleção das principais notícias que interessam ao posicionamento internacional do Brasil na imprensa nacional e na mídia estrangeira.

O enviado especial do governo americano para o clima, John Kerry (Fórum Econômico Mundial)

Combate ao desmatamento – Após cobrar ações concretas do governo Bolsonaro durante a mais recente Conferência do Clima, em novembro, o enviado especial do governo americano para o clima, John Kerry, afirmou que os Estados Unidos estão trabalhando “muito de perto” com o Brasil para melhorar a proteção da Amazônia. “O Brasil é um país crítico [na questão climática]. Temos que conseguir melhorar as ações na Amazônia para interromper que o desmatamento, isso é crucial”, afirmou (Folha).

Peso-Real – O ministro da Economia, Paulo Guedes, voltou a falar da possibilidade de uma moeda comum entre Brasil e Argentina, o “peso-real”, um tema que já havia aventado em 2019. “Eu acho que vamos ver, provavelmente, o peso-real”, disse em evento no Fórum Econômico Mundial ao defender maior integração na América Latina e falando de um cenário para 15 anos (Estadão).

Recessão gobal – O chefe do Banco Mundial alertou que a invasão da Ucrânia pela Rússia pode causar uma recessão global à medida que os preços dos alimentos, energia e fertilizantes disparam. David Malpass disse que é difícil “ver como podemos evitar uma recessão” (BBC News Brasil).

Combate à desinformação – O Google tem um grande desafio pela frente: colocar a tecnologia na dianteira do combate à desinformação em suas plataformas, principalmente no YouTube. A tarefa se torna ainda mais complexa quando isso ocorre em países que não falam inglês, já que sistemas do tipo são desenvolvidos primariamente no idioma. Na busca da empresa por melhorias, o Brasil está no foco – ao menos nas palavras de Sundar Pichai, CEO da companhia (Estadão).

Alta de juros no mundo – Com a inflação galopante varrendo o mundo, bancos centrais de todo o mundo estão aumentando as taxas de juros. No Brasil, não é diferente. O Banco Central elevou a Selic em um ponto percentual, de 11,75% ao ano para 12,75% ao ano. Essa situação afeta empresas que precisam tomar dinheiro emprestado para realizar seus investimentos, governos que precisam financiar gastos públicos e também afeta pessoas que solicitam empréstimos para comprar uma casa, um carro ou financiar um gasto imprevisto (BBC News Brasil).

Direitos Humanos – Os conflitos recentes na região da cracolândia, no centro de São Paulo, chegaram à Corte Interamericana de Direitos Humanos. A denúncia foi feita pela deputada estadual Erica Malunguinho (PSOL-SP), que acusa o Estado brasileiro de violar a Convenção Americana de Direitos Humanos com as operações conduzidas contra usuários e traficantes (Folha).

Divugação cinetífica – Um grupo de pesquisadores busca criar a versão brasileira da página de notícias científicas The Conversation, que produz conteúdos em oito países e agora passa a investir em um braço brasileiro. “Um grande desafio da universidade brasileira é a internacionalização. Hoje, o The Conversation é uma plataforma para isso. Esperamos que as universidades ganhem essa percepção”, afirma Jorge Félix, que preside o braço brasileiro da iniciativa (Folha).


Daniel Buarque é editor-executivo do portal Interesse Nacional. Pesquisador no pós-doutorado do Instituto de Relações Internacionais da USP (IRI/USP), doutor em relações internacionais pelo programa de PhD conjunto do King’s College London (KCL) e do IRI/USP. Jornalista, tem mestrado em Brazil in Global Perspective pelo KCL e é autor de livros como "Brazil’s international status and recognition as an emerging power: inconsistencies and complexities" (Palgrave Macmillan), "Brazil, um país do presente" (Alameda Editorial), "O Brazil é um país sério?" (Pioneira) e "o Brasil voltou?" (Pioneira)

Artigos e comentários de autores convidados não refletem, necessariamente, a opinião da revista Interesse Nacional

Cadastre-se para receber nossa Newsletter