Omissão dos legisladores na regulação das redes sociais vai cobrar seu preço nas eleições municipais

Felipe Tirado 07 março 2024

As redes sociais terão papel central nas eleições municipais de 2024. No pleito, a relevância das redes será potencializada pelos avanços tecnológicos mais recentes. Da mesma forma, os danos decorrentes delas serão proporcionalmente maiores

Cartografia high-tech: como os mapas estão ajudando a moldar a nossa vida social e cultural

The Conversation 05 março 2024

A cartografia se tornou uma das tecnologias mais bem-sucedidas que desenvolvemos para entender o mundo ao nosso redor. Ao mesmo tempo, os mapas se tornaram importantes objetos culturais e artísticos que valorizamos muito. Eles podem ser úteis e pragmáticos, belos e poéticos, políticos e poderosos, significativos e mundanos

Imagem de país e reputação do Brasil pela inteligência artificial

Ferramenta de IA vagueia pelas principais dimensões nacionais e aspectos relevantes referente ao Brasil perante o cenário internacional confirmados pela literatura sobre o entendimento da formação, comunicação e percepção da imagem e da reputação de um país, mesmo que de forma pouco profunda e detalhada

Carlos Américo Pacheco: Agenda científica segue gigante, mesmo após arrumação do negacionismo anterior

Balanço do que aconteceu neste 2023 em termos de ciência e tecnologia no país, focado especificamente nas ações no plano federal, revela que, todo o primeiro ano foi período de arrumação da casa. E que tremenda arrumação foi necessária

Soberania digital em jogo diante da baixa segurança na conectividade brasileira

Soberania digital em jogo diante da baixa segurança na conectividade O empreendedor Alberto Leite escreve sobre a sua constante preocupação com os ataques cibernéticos, os quais estão se tornando não apenas mais frequentes, mas também mais devastadores, atingindo infraestruturas críticas, serviços públicos restritos, comunidades vulneráveis e a privacidade individual. Ele pondera que há uma proporção significativa de empresas reavaliando suas relações comerciais internacionais, ponderando os riscos cibernéticos associados a cada nação com a qual interagem. Este reajuste estratégico é um reflexo da consciência crescente sobre a magnitude dos riscos cibernéticos

Interesse nacional, inteligência artificial e a coisa pública

Os professores Francisco Gaetani e Virgílio Almeida escrevem sobre as opiniões em torno do uso da Inteligência Artificial, que estão divididas, com alguns enfatizando seu potencial para ampliar as capacidades humanas, enquanto outros expressam preocupações sobre potenciais ameaças que o uso dessa tecnologia pode trazer. Para a dupla, tornou-se fundamental encontrar solução para essa polarização muito além da questão tecnológica com um amplo debate nacional, com participação multissetorial nas discussões sobre o avanço da IA e seus impactos. No âmbito global, discute-se a criação de um instituto internacional

Regulamentação da Inteligência Artificial: possível, necessária e urgente

The Conversation 27 setembro 2023

Mais de 30 anos após a publicação do romance de Simons, o impacto crescente da IA em nossas habilidades intelectuais pode ser pensado em termos semelhantes. Para mitigar esses riscos, pesquisador oferece uma solução que pode conciliar o progresso da IA e a necessidade de respeitar e preservar nossas capacidades cognitivas.

A inteligência artificial é uma ameaça existencial – mas não do jeito que se pensa

The Conversation 01 setembro 2023

Em um contexto de ansiedade crescente em relação à ascensão da IA, professor argumenta que tais preocupações são frequentemente exageradas, destacando que o perigo da IA reside na maneira como ela pode afetar a forma como as pessoas se veem, diminuindo gradualmente habilidades humanas essenciais, como tomada de decisões, encontros fortuitos e pensamento crítico.

Fernando Filgueiras: Inteligência artificial e riscos existenciais para a humanidade – A armadilha do desenvolvimento

Daniel Buarque 05 julho 2023

Avanço da IA se enquadra em um contexto de crises generalizadas no mundo contemporâneo e produz uma grande mudança epistêmica nas sociedades. Para pesquisador, a regulação de IA em países em desenvolvimento deve permitir e incentivar a tecnologia ao mesmo tempo que contém os riscos por modelos adaptativos que sejam mais sólidos em seus propósitos e mais flexíveis em suas práticas

Como os governos estão usando a ficção científica para prever ameaças potenciais

Daniel Buarque 13 maio 2023

Países como o Reino Unido e a França usam histórias fantásticas como uma forma de pensar em futuros possíveis e seus riscos. Para professor de Marketing a ficção científica pode ajudar a imaginar um mundo moldado por novas tecnologias e oferecer lições importantes

Cadastre-se para receber nossa Newsletter