A crise brasileira de Essequibo

Sean Burges 10 junho 2024

Embora a escalada da tensão entre Venezuela e Guiana devesse ser simples e se resolver por conta própria, há um risco real de ela explodir e destruir a credibilidade regional e internacional do Brasil, se Lula não a controlar

Entre o mundo que coloca os EUA em primeiro lugar e a ordem global chinesa

Daniel Buarque 06 junho 2024

O modelo da China oferece uma alternativa à ordem liderada pelos EUA e é atraente para muitos, mas levanta preocupações sobre direitos humanos e valores democráticos, já a abordagem trumpista ameaça criar um mundo mais anárquico e instável

Voo alto

Rubens Barbosa 31 maio 2024

Documento assinado pelos dois países revela uma postura diplomática distante de uma política externa de Estado, pois os coloca claramente ao lado da Rússia. Defesa do interesse nacional aconselha a independência e a equidistância de blocos e alinhamentos automáticos

Estudo revela maior apoio global à parceria China-Rússia do que aos EUA

Daniel Buarque 30 maio 2024

Alinhamento global é relevante para o Brasil e indica que a aposta do governo Lula em uma suposta multipolaridade da geopolítica (o que é questionado por muitos especialistas), pode fazer sentido

Novas alianças e dinâmicas de poder no Oriente Médio

Mudanças geopolíticas na região exigem otimismo cauteloso, pois podem carregar o potencial para mudanças significativas positivas, mas dependerá da sinceridade e eficácia dos esforços diplomáticos e da capacidade dos líderes regionais de priorizar a paz de longo prazo em detrimento de ganhos táticos de curto prazo

Banimento do TikTok nos EUA é fruto de disputa geopolítica com a China

Agência Brasil 26 abril 2024

Lei que obriga a chinesa ByteDance a vender plataforma revela uma disputa acirrada pela liderança da corrida tecnológica e geopolítica em que os norte-americanos estão perdendo a supremacia global que exerceram por décadas

Os chineses e os talibãs 

Fausto Godoy 13 março 2024

Governo chinês reconheceu embaixador afegão, primeiro grande reconhecimento ao governo talibã instalado em 2021 e gesto que foi contra consenso internacional. Para diplomata brasileiro, medida estratégica reflete interesses comerciais e geopolíticos da China e pode ser considerada razoável ao encarar a realidade do país 

A política externa brasileira e a Iniciativa Cinturão e Rota liderada pela China

A relutância em assinar um memorando revela uma forte preferência pela autonomia da política externa brasileira na definição de acordos, pois o Brasil pode negociar com a China defendendo seus interesses. Para professor, o principal desafio do país é definir seus objetivos e como a parceria poderia contribuir para o desenvolvimento nacional

A visita do chanceler da China

Fausto Godoy 26 janeiro 2024

Viagem do ministro das Relações Exteriores da China, Wang Yi, expôs o interesse do país em reforçar a parceria estratégica com o Brasil. Aproximação divide opiniões, inclusive no Itamaraty. Para embaixador, devemos avançar para onde os nossos interesses nacionais sejam melhor atendidos

As eleições em Taiwan e a China

Fausto Godoy 17 janeiro 2024

Vitória de candidato refratário às relações com a China foi vista como um referendo em defesa da separação da ilha. Para embaixador, esta herança só terá desfecho quando os dois lados do estreito chegarem a uma fórmula de convivência que permita a independência e a unidade, algo no modelo da Commonwealth britânica

Cadastre-se para receber nossa Newsletter