A ‘questão militar’ invertida? Solução à vista? (parte 1)

Turbulenta relação entre civis e militares discutida atualmente reflete tensão nascida no Império e presente na história do país desde então. Em texto inspirado no historiador José Murilo de Carvalho, diplomata avalia que as respostas a esses desafios deverão moldar o destino do papel político das Forças Armadas e são a chance de superar a histórica República Tutelada

Golpes de Estado não exigem tanques, paraquedistas ou candidatos a ditador

Felipe Tirado 27 setembro 2023

Em meio ao julgamento pelos crimes dos ataques de 8 de janeiro, alguns comentaristas tentaram desmerecer as condenações e defender os golpistas. Para pesquisador, reconhecer uma tentativa de golpe exige informação e honestidade

201 anos – Algo a comemorar?

Rafael R. Ioris 07 setembro 2023

Tentativa de reconstruir a institucionalidade democrática após quatro anos de governo Bolsonaro enfrenta o desafio de divisões políticas e da sobrevida da agenda golpista. Para historiador, é importante celebrar o 7 de setembro não como culminação de um processo histórico mas sim como um marco do início da reconstrução da democracia e de uma sociedade mais justa e mais respeitada no mundo

O comércio de bombas cluster e os desafios para política externa brasileira

Miguel Mikelli Ribeiro 04 setembro 2023

Rejeição brasileira ao banimento de bombas de fragmentação contrasta com a estratégia de inserção internacional do país, que não tem base nos seus meios militares, mas sim em sua diplomacia. Para pesquisadores, a não vinculação do país à Convenção de Oslo enfraquece sua projeção como potência emergente responsável

iii-Brasil: ‘Semana sangrenta’ afeta negativamente a imagem do Brasil no mundo

iii-Brasil 08 agosto 2023

Agosto começou com a exposição internacional da violência policial, com ações de forças de segurança em diferentes estados e com dezenas de mortos. Casos expõem um reputação problemática do país e podem influenciar a forma como ele é visto no exterior

Daniel Buarque: O Brasil e o conceito de ‘seriedade’ nas relações internacionais

Daniel Buarque 03 agosto 2023

Tentativa de participar da negociação pela paz na Ucrânia não encontrou o apoio necessário para colocar o Brasil na mesa junto a grandes potências. Limitações do país se alinham ao conceito de ‘seriedade’ em relações internacionais, que indica que os países sérios são os que são consultados em grandes questões da política global

Rubens Barbosa: Os gastos militares em todo o mundo

Rubens Barbosa 28 julho 2023

Investimentos em Defesa crescem em todo o mundo e alcançam US$ 2 trilhões por ano, o que gera um quadro preocupante. Para embaixador, a guerra se faz em nome de ideias e princípios, mas acaba sendo mantida em nome de interesses

Os laços da China com Cuba e sua crescente presença na América Latina geram preocupações em Washington quanto à segurança, mesmo enquanto líderes tentam aliviar as tensões

Daniel Buarque 19 julho 2023

Estados Unidos tentam reatar as relações com a China, mas, ao mesmo tempo, se preocupam com a influência chinesa em sua vizinhança. Para pesquisador e ex-funcionário do governo norte-americano, os laços com Cuba, a espionagem e as atividades militares chinesas são grandes preocupações para a segurança nacional do país

A ascensão da Amazônia vermelha?

Palco de disputas entre revolucionários e forças militares no Brasil na época da ditadura, a região amazônica hoje é foco de interesses da expansão chinesa pelo mundo, com o gigante asiático disposto a ajudar a construir a infraestrutura necessária para explorar as riquezas da área. Para professor, os comunistas chineses de hoje são muito diferentes dos do passado, e Xi Jinping sabe que mais poder político vem mais do dinheiro do que das armas

Daniel Buarque: Os Estados Unidos contra o golpe no Brasil

Daniel Buarque 22 junho 2023

Em contraste com a atuação americana no golpe de 1964, novas evidências apontam para uma campanha do governo Biden para evitar um golpe de Bolsonaro contra as eleições do ano passado. Como pesquisador havia avaliado em 2022, os militares brasileiros dependem de parcerias internacionais, que poderiam ser desfeitas em caso de ruptura democrática

Cadastre-se para receber nossa Newsletter